Boletins
Novidades

Como legalizar a sua clínica odontológica e pagar menos impostos?

Você, profissional de odontologia, já deve ter se questionado em algum momento sobre os tributos a serem pagos no exercício de sua profissão, certo? Ou se vale atender na sua clínica de odontologia como pessoa física ou jurídica, não é?

No conteúdo de hoje, vamos conversar melhor sobre isso, e como você pode pagar menos impostos e legalizar sua clínica adequadamente. Continue a leitura.

Quais são os regimes jurídicos para uma clínica de odontologia?

Vamos começar explicando que profissionais de odontologia não podem ser enquadrados no regime de MEI (Microempreendedor Individual). Como se trata de uma atividade regulamentada, não é permitida dentro do âmbito deste regime.

Agora você deve se perguntar qual seria o regime jurídico mais adequado e que pode atender à Odontologia, certo?

Aqui na RR Soluções costumamos ser práticos e objetivos em tudo que fazemos, o que inclui um atendimento assertivo. Portanto não vamos nos ater em regimes que não poderão ajudar em sua questão que seriam:

Empresa Individual – EI;
SLU (sociedade limitada unipessoal);
Sociedade Limitada– LTDA (apenas para quem deseja ter sócios);;
Dentre outros.

Podemos começar pela Sociedade Empresária Limitada – LTDA, considerada um dos modelos jurídicos mais utilizados e comuns para constituição de atividade empresarial. Aqui, é possível ter uma segurança maior juridicamente, mantendo separada a pessoa física da jurídica no sentido fiscal e patrimonial.

Também podemos citar a possibilidade para sua clínica de odontologia da Sociedade Limitada Unipessoal – SLU. Nesse modelo, não há necessidade de se ter sócios na empresa.

Não podemos deixar de mencionar a Sociedade Simples, outra excelente opção, mas pouco utilizada hoje. Inclusive a SS durante muito tempo foi a principal opção para profissionais liberais que exerciam atividades como médicos, dentistas, advogados, etc.

Nunca podemos descartar alguma modalidade, mas a que mais se mostra favorável e que se destaca é a Sociedade Limitada – LTDA. 

Quais são as opções tributárias mais favoráveis?

Hoje, caso você queria encaixar sua clínica de odontologia, podemos colocar as 3 opções que existem no Brasil:

Lucro Presumido;
Lucro Real;
Simples Nacional.

Simples Nacional para dentistas

É um sistema facilitado de impostos para pagamentos que visa beneficiar pequenas e microempresas. Uma clínica de odontologia tributada pelo Simples Nacional poderá ter uma alíquota inicial de 6% em cima do faturamento mensal, se atingir o fator R (relação de Faturamento x custo de folha de pagamento). Caso não atinga o Fator R o imposto inicial é de 15,50% — Não esta incluso o custo com folha de pagamento.

E também está incluso o pró-labore, caso ele seja maior do que 28% em cima da receita bruta acumulada, o percentual de tributação passa para 15,5% inicialmente.

Lucro Presumido para dentistas

Os serviços prestados por uma clínica de odontologia podem facilmente ser tributados pelo Lucro Presumido, independentemente do custo de folha de pagamento. Porém, a carga tributária pode variar entre 13,33% e 16,33%, incluindo tudo que recai sobre o faturamento da empresa.

Nesse regime de tributação, a empresa pagará 11,33% a título de impostos federais e mais o ISSQN (imposto municipal) que varia de município para município, normalmente entre 2% e 5%.

Diferentemente do Simples Nacional, no Lucro Presumido as alíquotas são fixas e não se alteram em razão do valor acumulado do faturamento.

Lucro Real para dentistas

Aqui é mais do que importante, é vital, contar com a experiência de um bom profissional de contabilidade quando falamos em Lucro Real. Nesse sentido, é necessário muito planejamento e transparência fiscal e financeira, pois não se pode deixar de contabilizar nenhuma guia.

E se optar por ser autônomo?

Caso você queira, é possível, desde que o investimento inicial seja baixo e não haja sócios. É claro que as tributações e exigências são diferentes, começando pela necessidade de um livro caixa.

O imposto é calculado em cima do livro e recolhido via Carnê Leão, uma antecipação mensal ao IR que pode chegar até 27,5%.

Depois de mostrar o regime tributário para você pagar menos impostos, é importante salientar que é necessário sim desde a abertura ou mudança da sua clínica de odontologia, o acompanhamento de uma equipe especializada.

Gostou deste conteúdo? Aproveite e compartilhe em suas redes sociais.

Fonte: Consultoria RR

O post Como legalizar a sua clínica odontológica e pagar menos impostos? apareceu primeiro em Informativo Empresarial.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Veja também

A empresa é obrigada a dispensar o empregado para realizar aulas da autoescola?

A empresa é obrigada a dispensar o empregado para realizar aulas da autoescola?

A empresa é obrigada a dispensar o empregado para realizar aulas da autoescola?

logo-png-280x120

A Cofins assessoria contábil é referência na prestação de serviços contábeis com histórico de eficiência e competência na consultoria

Receba nosso Boletim

Leave this field blank

Escritório

Organização Contábil Confis S/S
CNPJ 43.049.782/0001-66
Rua Julia Izar, 28 – Tatuapé SP 

CEP 003318-030