Boletins
Novidades

Site do Banco Central sai do ar por sobrecarga em sistema que ‘caça’ dinheiro esquecido em bancos

O site oficial do Banco Central do Brasil saiu do ar, na noite desta segunda-feira (24). O problema pode ter sido ocasionado após o lançamento do serviço que permite à população checar se tem dinheiro a receber de instituições bancárias.

A ferramenta registrou ampla procura, assim que foi tornada pública pela instituição monetária; para obter as informações necessárias dos valores a receber, é necessário navegar por diferentes subpáginas do BC na internet.

Uma sobrecarga de acessos pode ter, então, causado o problema nos sistemas do BC.

A reportagem do InfoMoney constatou que, por volta das 21h30, o portal do BC não carregava e a página continha o aviso de que não podia ser acessada. Outros veículos de imprensa sinalizaram o problema já mais cedo, por vota das 21h.

A instituição monetária foi procurada, por meio de sua assessoria de imprensa, para explicar o problema em seus sistemas digitais, mas, até esta publicação, não se manifestou.

O BC informou nesta segunda que existem cerca de R$ 8 bilhões sob a posse de instituições financeiras que precisam ser devolvidos a pessoas físicas ou jurídicas. A funcionalidade “Valores a Receber” foi lançada nesta segunda e consta no Registrato (sistema do BC).

Na primeira fase de operações da funcionalidade, o BC estima que cerca de R$ 3,9 bilhões de valores estejam retidos em decorrência das seguintes situações:

contas-correntes ou poupança encerradas com saldo disponível;
tarifas e parcelas ou obrigações relativas a operações de crédito cobradas indevidamente, desde que a devolução esteja prevista em Termo de Compromisso assinado pelo banco com o BC;
cotas de capital e rateio de sobras líquidas de beneficiários e participantes de cooperativas de crédito; e
recursos não procurados relativos a grupos de consórcio encerrados.

“Em algumas situações, os saldos a receber podem ser de pequeno valor, mas pertencem aos cidadãos que agora possuem uma forma simples e ágil para receber esses valores”, diz, por nota, o BC.

Como usar a ferramenta

Os interessados precisam acessar a página “Minha Vida Financeira”, no site do BC e, em seguida, clicar em Valores a Receber (uma subseção da página).

Clique no último item chamado “Consulta ao Relatório Valores a Receber”. Em seguida, aperte em “iniciar consulta”, com seu número de CPF (pessoa física) ou CNPJ (pessoa jurídica).

Logo depois aperte “Iniciar consulta” e insira o número do seu CPF. Após um processo de verificação digital, o sistema vai apontar se você tem ou não valores a receber de bancos.

Se você tiver valores a receber, é preciso consultar o Registrato, com o login Registrato ou o login gov.br.

Para valores oriundos de uma conta criada antes de 2001, o sistema é outro, diz o BC. Para acessar a ferramenta específica de busca, é preciso ter em mãos o nome da instituição financeira e o número da conta de depósito.

Fonte: IR sem erro

O post Site do Banco Central sai do ar por sobrecarga em sistema que ‘caça’ dinheiro esquecido em bancos apareceu primeiro em Informativo Empresarial.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Veja também

Férias Vencidas: O que diz a legislação e quais as medidas

Férias Vencidas: O que diz a legislação e quais as medidas

Férias Vencidas: O que diz a legislação e quais as medidas

logo-png-280x120

A Cofins assessoria contábil é referência na prestação de serviços contábeis com histórico de eficiência e competência na consultoria

Receba nosso Boletim

Leave this field blank

Escritório

Organização Contábil Confis S/S
CNPJ 43.049.782/0001-66
Rua Julia Izar, 28 – Tatuapé SP 

CEP 003318-030

Generated by Feedzy