Boletins
Novidades

O que muda no marketing digital com a chegada do 5G?

Utilizar o marketing digital se tornou algo essencial para marcas que desejam alcançar o público certo e ter seu retorno em vendas. Com a chegada da conexão 5G, a perspectiva é que as formas de conexão se tornem muito mais velozes e dinâmicas. Assim, as pessoas poderão aproveitar novas maneiras de interação online.

Por isso, mudanças no marketing também estão previstas. Saiba mais a seguir!

As expectativas com a chegada do 5G

A chegada do 5G ao Brasil em 2022 promete trazer uma série de melhorias a respeito da comunicação e acesso à informação. Afinal, estamos falando de conexão na internet com ainda mais qualidade.

Para se ter ideia, o 5G vai contar com uma velocidade 100x mais rápida do que o 4G. Além disso, o 5G deve permitir um número até 100 vezes superior de dispositivos conectados ao mesmo tempo.

Por isso, a cobertura 5G tende a trazer uma série de oportunidades. O público em geral terá uma conexão melhor para acessar conteúdos e interagir por meio do ambiente virtual.

Inclusive, com todas as possibilidades de viagem de dados e alta conexão, o 5G pode contribuir diretamente para testes e aplicações de novas tecnologias. Os carros sem motoristas são um exemplo de tendência que pode ser implementada.

Como a chegada do 5G vai impactar o marketing digital?

O 5G irá mudar a forma como as pessoas consomem determinados conteúdos e utilizam o ambiente virtual. Nesse sentido, também haverá mudanças na forma como o marketing digital é feito.

Isso porque, estamos falando de uma conexão ainda mais potente que permite, por exemplo, o contato com conteúdos ainda mais interativos. Dessa forma, com a chegada do 5G, as empresas podem explorar novas formas de interagir com o público.

Sendo assim, as marcas podem focar em formatos como o vídeo, o live streaming e afins. E claro, sem perder a qualidade e sem que os clientes tenham problemas de acesso, pois a internet será mais rápida.

A gamificação também pode ser trabalhada e, dependendo da marca, esses jogos podem ser voltados para estratégias de remarketing, com descontos e condições especiais.

Outra possibilidade animadora é a realidade virtual. Além de contar com novas formas de ter contato com as marcas no ambiente online, os eventos híbridos como feiras e shows trazem novas perspectivas de interação para o público.

Mas claro, para que esses conteúdos funcionem será preciso softwares adequados. O Autodesk e Unity são empresas do ramo de tecnologia que já oferecem softwares para o desenvolvimento de projetos em realidade virtual.

Ao mesmo tempo, os vídeos vão demandar uma produção de qualidade, desde a captação de imagens até a edição. Lives também precisam ser bem pensadas para que o conteúdo ao vivo seja, de fato, adequado e atraente para o público.

Portanto, as empresas que desejam aproveitar as transformações digitais que o 5G oferece precisam investir em estrutura e conteúdos bem feitos.

Os pontos positivos que o 5G oferece ao marketing digital

Como dissemos, com uma internet mais veloz por meio do 5G, as marcas podem trabalhar com formatos que antes eram mais restritos.

O modelo de vídeo é um grande exemplo, já que no 4G a lentidão na hora do carregamento e as pausas na reprodução são problemas comuns.

Mas por meio do 5G, as marcas podem explorar conteúdos em vídeo de alta resolução, sendo que o público terá uma boa experiência. O que também vale para o streaming sem os riscos de pausas ou defeitos na conexão.

Outra grande vantagem é que o marketing também poderá contar com estratégias de realidade aumentada. Essa tecnologia permite visualizar elementos virtuais dentro de um ambiente real com a ajuda de câmeras e sensores de movimento.

Já imaginou ter uma interação quase real com o produto antes mesmo de comprá-lo? Seria possível até testar como um móvel ficaria no cômodo da sua casa ou mesmo experimentar roupas de forma totalmente virtual.

Do mesmo modo, o 5G ajudará com a coleta de dados e, inclusive, em tempo real. Nesse sentido, a análise das informações será mais rápida e as marcas poderão trabalhar de acordo com a segmentação.

Com isso, será possível criar campanhas ainda mais personalizadas, que levam em consideração o perfil do usuário, sua localização, preferências e mais.

Inclusive, a Internet das Coisas (IoT) é outro fator que terá mudanças com o 5G. O termo se refere aos vários objetos que utilizamos no nosso dia a dia e que possuem conexão com a internet e são capazes de compartilhar dados.

Os smartwatches, eletrodomésticos e outros aparelhos com essa tecnologia poderão ser uma plataforma para contato com o público. Logo, as empresas podem trabalhar com o marketing voltado para uma conexão direta e frequente com os consumidores.

Conclusão

A chegada do 5G ao Brasil é algo que promete melhorar a experiência do público com a internet, por meio de conexões mais rápidas.

Da mesma forma, ele irá ajudar na aplicação de novas tecnologias e formas de interação entre as pessoas e o ambiente virtual.

Por isso, as empresas que utilizam o marketing digital para divulgar seus produtos e cativar o público também poderão explorar novas formas de comunicação. Com uma internet eficaz, abrem-se as portas para formatos mais interativos.

Fonte: IR sem erro

O post O que muda no marketing digital com a chegada do 5G? apareceu primeiro em Informativo Empresarial.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Veja também

Blockchain na Saúde: o que é e como funciona?

Blockchain na Saúde: o que é e como funciona?

Blockchain na Saúde: o que é e como funciona?

logo-png-280x120

A Cofins assessoria contábil é referência na prestação de serviços contábeis com histórico de eficiência e competência na consultoria

Receba nosso Boletim

Leave this field blank

Escritório

Organização Contábil Confis S/S
CNPJ 43.049.782/0001-66
Rua Julia Izar, 28 – Tatuapé SP 

CEP 003318-030