Boletins
Novidades

Gráfico de Burndown: veja como acompanhar a produtividade do seu projeto!

Garantir um alto nível de produtividade em um curto espaço de tempo é um grande desafio para empresas competitivas. Mas para isso, é necessário contar com colaboradores motivados e utilizar ferramentas inteligentes capazes de melhorar o gerenciamento do tempo, como o Burndown.

O Burndown é um sistema gráfico aliado à metodologia Scrum, que possibilita aos gestores de projeto ter uma visão holística sobre o andamento das atividades. Através dele, é possível medir a produtividade e o desempenho da sua equipe no que se refere ao tempo gasto, esforço e prazo de entrega.

Ademais, sabe-se que o trabalho acumulado e a falta de tempo é um dos maiores problemas que dificultam a fluidez dos projetos. Por isso, o Gráfico de Burndown oferece uma melhor perspectiva do progresso das suas ações.

Para te ajudar a entender melhor, fizemos um conteúdo completo com tudo sobre esse assunto. Nas próximas linhas, você saberá:

Acompanhe o artigo!

O que é um Gráfico de Burndown?

O Gráfico Burndown é uma sistema de medição visual que apresenta ao gestor a quantidade de trabalho concluída num dia, comparado-a com a projeção para o projeto. Ele é entendido como um dos conceitos mais importantes na medição do progresso de uma equipe.

Sem dúvidas, a ferramenta é bastante útil para gestores e gerentes de projeto que precisam lidar com prazos e situações imprevisíveis durante a execução de um projeto.

Sendo assim, o Gráfico Chart, como também é conhecido, ajuda a driblar algumas dificuldades encontradas no decorrer do caminho. Além disso, ele foi criado em 2020 por Ken Schwaber e utilizado inicialmente no gerenciamento de projetos de software.

Se esse assunto te deixou curioso, calma que vamos explicar em detalhes sobre como funciona o Gráfico Burndown. Por isso, fique atento aos próximos tópicos para saber tudo sobre esse tema.

Como ele funciona?

No Gráfico Burndown, a representação é feita a partir de dois eixos: o primeiro, vertical (y), que diz respeito ao trabalho que precisa ser feito, e o horizontal (x), que é o tempo estimado, em horas ou dias, para concluir essa mesma demanda.

O que os dados do gráfico mostram?

Os dados do Gráfico de Burndown revelam informações importantes acerca do progresso conseguido por uma equipe. Sendo assim, é possível saber o andamento de um projeto e o que pode ser modificado ou melhorado. Você poderá saber:

O desenvolvimento das atividades no decorrer dos dias;
Quais prazos foram cumpridos e quais ainda faltam;
Qual o rendimento da equipe durante os períodos.

Geralmente as empresas utilizam esse gráfico para acompanhar a produtividade dos colaboradores ou até mesmo como uma ferramenta de dados para uso posterior. Ou seja, se o seu time estiver evoluindo, é possível acompanhar cada interação.

A partir daí, o gestor deverá analisar determinadas perguntas como:

Quão boa é a minha equipe para esse tipo de planejamento?
A minha equipe é organizada e está trabalhando em conjunto?
Quais possíveis melhorias podemos fazer?
O time está executando bem o que foi planejado?

Burndown Scrum

O Scrum é uma metodologia que se baseia na definição de ciclos ágeis, que podem ser semanais ou mensais, chamados de Sprints. Sendo assim, cada Sprint possui um prazo estabelecido, além de várias tarefas descritas que devem ser executadas nesse espaço de tempo.

Em suma, se estamos falando de tarefas e prazos estabelecidos, o Gráfico de Burndown pode ser facilmente aplicado ao Scrum, durante a execução de um planejamento. Enfim, a simplicidade do gráfico é um dos benefícios, porém gera desafios, uma vez que pouca informação é colocada diante do gestor.

Essa estrutura auxilia as equipes a trabalharem em conjunto, igualmente a uma equipe de rugby quando está treinando para um jogo importante. Além disso, o Scrum também estimula as pessoas a aprenderem novas coisas com as suas experiências e a se organizarem para resolver um problema, enquanto refletem sobre os erros e acertos.

Todavia, embora o burndown chart scrum seja utilizado em equipes que atuam no desenvolvimento de softwares, os seus princípios e estrutura podem ser inseridos em organizações que trabalham em equipe. Por esse motivo essa metodologia é tão popular e considerada parte da estrutura da gestão de projetos.

Sendo assim, o Scrum gráfico burndown pode descrever um conjunto de ferramentas, reuniões e cargos que atuam conjuntamente para ajudar os times na organização e no autogerenciamento.

Como aumentar a produtividade das equipes com Burndown?

Sabemos que os gráficos de Burndown possuem forças e limitações. Por esse motivo, devemos considerar todas as informações para extrair as melhores possibilidades dele para aumentar a produtividade dos colaboradores de uma empresa.

A priori, podemos dizer que as limitações se referem aos detalhes. Por isso, é interessante que os gestores utilizem uma Estrutura Analítica de Projeto para ter uma visão holística sobre tudo o que se passa, sobre as tarefas e execução delas. Mas esse é um assunto que falaremos mais adiante.

O fato é que um bom planejamento é essencial para que o projeto não sofra alterações e caminhe dentro do esperado. Obviamente, os imprevistos podem acontecer. Mas se o Gráfico de Burndown estiver adaptado a eles, as metas não serão modificadas completamente.

Sendo assim, o gestor pode adotar uma gestão de processos para evitar que projetos que duram 5 dias durem mais de duas semanas para serem executados novamente. Ou seja, basta compreender o gráfico e atualizá-lo de acordo com as mudanças. E essa situação pode reduzir os conflitos, o estresse e evitar que a equipe seja afetada.

Dessa forma, Gráfico de Burndown funciona como uma ferramenta de acompanhamento e visualização para todo o grupo. Sem dúvidas, ao longo do tempo, você perceberá novas formas para inserir melhores práticas que possam aumentar a eficiência e produtividade da sua equipe e fazer com que todos se sintam estimulados com a ferramenta.

Quais são as vantagens que o Gráfico de Burndown oferece?

As vantagens do Gráfico de Burndown para as equipes são:

O Gráfico de Burndown é simples e intuitivo, além de ser fácil de entender. Por esse motivo, ele torna o progresso mais eficaz;

Através do Gráfico de Burndown é possível visualizar o progresso de uma tarefa. Sendo assim, palpites e suposições não são mais aceitas, exceto no momento de atualização do mesmo;

O gráfico também inclui todos da equipe. Ou seja, tanto a gerência quanto os colaboradores estarão envolvidos no processo e no progresso dele. Por isso, é importante utilizar um monitor grande para exibir as informações a todos;

A ferramenta ajuda a detectar quando o projeto está atrasado ou mais lento do que o esperado. Dessa forma, você pode identificar o que está atrapalhando evitar que essa situação saia totalmente do controle e se torne algo mais grave.

Existe alguma limitação no Burndown?

Embora seja uma ferramenta eficiente, os gráficos de Burndown também possuem certas limitações, que você precisa estar ciente. São elas:

Os gráficos de Burndown focam em apenas em uma parte da sua atividade e por esse motivo, você não terá indicações sobre o todo. Por exemplo, se você olhar para o Sprint Burndown não poderá ver mudanças no restante do backlog;

Os gráficos de Burndown apenas mostram o quanto de trabalho você possui. Contudo, eles não mostram as atividades que foram finalizadas e aquelas que ainda serão;

A sua utilidade está relacionada às estimativas de tempo, que são imprecisas. Notoriamente precisamos de estimativas para a finalização de projetos, porém, existem pontos externos e complexos que devemos levar em consideração. Ou seja, o tempo aqui pode ser algo relativo;

Enfim, o gráfico não indica um motivo para o aumento de trabalho, que pode vir tanto da adição de tarefas como do aumento da estimativa para a finalização. Além disso, eles escondem o efeito da redução do trabalho, então parece que as atividades foram concluídas antes do tempo.

Enfim, o gráfico não indica um motivo para o aumento de trabalho, que pode vir tanto da adição de tarefas como do aumento da estimativa para a finalização. Além disso, eles escondem o efeito da redução do trabalho, então parece que as atividades foram concluídas antes do tempo.

O que é o gráfico Burnup?

O Gráfico Burnup ajuda o gestor e sua equipe a acompanhar as etapas de um projeto. Ou seja, tanto o Burnup quanto o Burndown são úteis para o monitoramento do cronograma de determinadas atividades.

Contudo, o Gráfico Burnup é composto por faixas que indicam o progresso em direção ao final do projeto. Em outras palavras, existem duas linhas: uma linha de trabalho concluída e uma linha de trabalho total.

Ademais, através dele é possível visualizar:

O desempenho da equipe quando há alterações no escopo;

As mudanças que foram realizadas no escopo do projeto;

Se o time atendeu a essas mudanças em tempo hábil ou precisou de mais tempo para finalizar as tarefas

Sem dúvidas, o Burnup é mais eficiente para apresentar o esforço da equipe, que deve manter-se firme e estável durante todo o projeto. Ademais, ainda é possível observar quantos elementos foram incluídos ou removidos do escopo.

Mas qual a diferença entre o gráfico Burndown e o gráfico Burnup? Veja a seguir como utilizar os dois gráficos junto em sua organização.

Diferença entre Burndown e Burnup

A diferença entre o Burndown e o Burnup está na quantidade de informações que serão apresentadas no gráfico. Dessa forma, enquanto o primeiro utiliza uma linha decrescente para demarcar um período, no qual o final da linha significa a finalização de um projeto, no Gráfico Burnup há duas linhas ascendentes.

Sendo assim, no Burnup, a linha de cima mostra a evolução do projeto, enquanto que a linha de baixo mostra o progresso da equipe em direção à finalização dele. Ao final, quando as duas linhas se tocam, significa que o projeto chegou ao fim.

Porém, é muito importante saber que ambos os gráficos são relevantes para mensurar a produtividade e assertividade de um projeto. Portanto, os dois podem ser utilizados em conjunto e melhorar os resultados das atividades propostas pelo gestor de equipes.

Benefícios de trabalhar com os dois gráficos juntos

Como já foi mencionado, tanto o Burnup quanto o Burndown aplicados à metodologia scrum, mostram como está a produtividade da equipe dentro de determinado prazo, na fase de planejamento do projeto. Contudo, o benefício de aliar os dois vai muito além disso.

Além de serem simples de produzir e entender, eles são cruciais para a gestão de projetos de um negócio. Ademais, eles oferecem a possibilidade de visualização rápida de como está o desempenho da equipe, quando comparado com o cronograma que foi estabelecido.

Se você quiser apresentar o progresso do projeto e do seu time aos consumidores, prefira utilizar o Burnup. Isso porque ele permitirá mostrar como a sua equipe está, mesmo que novas tarefas tenham sido acrescentadas.

Ou seja, se você quiser convencer o seu cliente de que é necessário realizar mudanças ou de que novas requisições não devem ser feitas para que tudo seja finalizado dentro do prazo, escolha o Gráfico Burnup. Diferente do Burndown, que te dá uma impressão de que pouco progresso foi realizado, o Burnup permite a visualização do desempenho.

Conclusão

Por fim, vale salientar que um bom gerente de projetos sabe da importância do sucesso de cada empreitada. Por isso, no início deve haver uma série de tarefas e etapas que devem ser previstas. Então, estar atento a tudo é fundamental.

Além disso, você pode achar que determinadas informações estão claras na mente da sua equipe. Porém, existe um poder muito grande nas imagens que podem ser visualizadas, então aproveite o Gráfico Burndown no seu negócio.

Apresente os seus gráficos de forma que toda a sua equipe possa visualizar, de forma consciente, tudo o que ocorre no cronograma.

Gostou do conteúdo? Que tal compartilhá-lo na sua empresa e criar novas possibilidades de sucesso? Confira também outros assuntos interessantes para gestores de Recursos Humanos no Blog do PontoTel!

Compartilhe em suas redes!

Fonte: PontoTel

O post Gráfico de Burndown: veja como acompanhar a produtividade do seu projeto! apareceu primeiro em Informativo Empresarial.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Veja também

O que é adicional de periculosidade e como calcular?

O que é adicional de periculosidade e como calcular?

O que é adicional de periculosidade e como calcular?

logo-png-280x120

A Cofins assessoria contábil é referência na prestação de serviços contábeis com histórico de eficiência e competência na consultoria

Receba nosso Boletim

Leave this field blank

Escritório

Organização Contábil Confis S/S
CNPJ 43.049.782/0001-66
Rua Julia Izar, 28 – Tatuapé SP 

CEP 003318-030

Generated by Feedzy